Como Cultivar Orquídeas – Guia Prático

Como Cultivar Orquídeas – Guia Prático

Guia prático para cultivar orquídeas

Cultivar orquídeas não é um trabalho muito fácil. Exige da pessoa cuidado e muito amor.

Se você está buscando um guia prático para cultivar orquídeas, acabou de encontrar. Neste artigo, vamos te auxiliar a manter esta planta tão charmosa, em casa.

A maioria das pessoas é louca para ter uma planta destas em casa, mas você, sabe como cultivar orquídeas?

Vamos separar este artigo em questões extremamente necessárias, conforme sua necessidade de cultivo. Ou seja, teremos durante o texto informações como:

  • O que são orquídeas?

  • As 7 principais dicas para cultivar orquídeas

  • Porque as orquídeas morrem?

  • Resumo sobre cultivar orquídeas

Fique atento a todo o decorrer do texto, e esteja apto para cultivar suas orquídeas, na sua casa.

O que são orquídeas?

Será que dá para confundir a beleza da orquídea com outra planta? É possível.

Todavia, orquídeas são todas as plantas que compõem a família Orchidaceae, uma das maiores famílias existentes, e que representam uma beleza imensa dentre as outras.

Apresentam muitas formas, cores e tamanhos, e existem em todos os continentes, exceto na Antártida. Além disso, as orquídeas também possuem mais de 35 mil espécies.

As flores de uma orquídea são formadas por três sépalas e três pétalas. As sépalas têm a função de proteger a flor em botão e, depois de desabrochadas, tornam-se coloridas.

Agora ficou fácil de reconhecer uma orquídea não é mesmo? Mas e, como cultivar orquídeas?

 

As 7 principais dicas para cultivar orquídeas

Não colete pegue plantas da mata

Procure adquirir as orquídeas de empresas produtoras da mesma ou mudas de alguém conhecido. Não pegue nenhuma orquídea coletada da mata, elas são acostumadas com o habitat natural de lá, e certamente irão morrer.

Escolha espécies de orquídeas para à sua região

As orquídeas florescem entre uma e duas vezes por ano, portanto, se você tiver mais de uma espécie, é possível manter seu jardim sempre florido.

Dê sempre preferências às orquídeas que podem ser cultivadas na sua região, seja ele calor, seco ou que tenha um inverno rigoroso.

Irrigação das orquídeas

Para cultivar orquídeas, é necessário aprender muito sobre irrigação. As orquídeas tem de ter seu vaso sempre úmido, mas nunca pode estar encharcado. Muitas orquídeas morrem pelo excesso de água.

Molhe duas ou três vezes por semana, e deixe a água escorrer totalmente.

Iluminação do ambiente

Para cultivar orquídeas, é preciso que elas sejam instaladas em um local onde possam pegar o sol do horário da manhã ou do final da tarde. Caso ela não esteja no sol, infelizmente não irá florescer.

Uma boa dica também, é fixar as orquídeas no tronco de árvores, desde que a árvore não seja muito grande e faça apenas sombra. Orquídeas cultivadas em árvores não tem recomendação de serem levadas para dentro de casa, é ideal que as deixem no lugar onde floresceram.

Ventilação do ambiente

Para cultivar orquídeas, é necessário mantê-las em lugares arejados. Mas evite a ventilação muito forte para não correr o risco do seu vaso cair no chão, certo?

Pragas e doenças em orquídeas

Se cultivar orquídeas adequadamente, as plantas estarão resistentes a pragas e doenças. Dificilmente se bem cuidadas, os fungos atacam.

Plantas bem cultivadas, com todos os elementos que elas precisam são capazes de resistir a muitas coisas, e sempre estarão florescendo no seu tempo.

Devido a falta de cuidados para cultivar orquídeas podem aparecer pulgões, cochonilhas e também outras doenças, acabando então, com sua planta.

Por consequência, em inúmeras doenças de plantas, basta retirar a parte doente e cuidar para que isso não aconteça mais e nem contamine as outras.

 

Por que as orquídeas morrem?

Se você seguir todas as dicas acima, é muito difícil que sua orquídea morra.

Por consequência, se acontecer, existem algumas causas, veja:

  • Falta de ventilação, que promove o aparecimento de pragas;

  • Falta de água, que pode atrair pragas e inibir seu crescimento;

  • Excesso de água, que pode causar o aparecimento de fungos e bactérias principalmente nas raízes.

Resumo sobre cultivar orquídeas

Em resumo, atente-se a estas dicas simples e importantes para suas orquídeas serem duradouras:

  • Prefira os vasos de barro, pois favorecem a drenagem da água e, evitam que as raízes da planta apodreçam ;

  • Não deixe a planta ultrapassar o limite do vaso;

  • Evite trocar a planta de vaso antes de checar se há brotos de todos os lados;

  • Lembre-se de colocar nó de pinho ou placas de madeira na orquídea, auxiliam na conservação

  • Esterilize sempre a tesoura antes da poda

  • Aplique canela em pó depois de podar as orquídeas, auxilia na cicatrização

Por fim, você está apto a cultivar suas orquídeas. Procure logo o melhor lugar para a venda, e cuide de suas plantas.

Certamente a orquídea é uma linda planta, e também de fácil criação. Tome sempre cuidado, e tenha uma planta duradoura.

Vender orquídeas é uma excelente fonte de renda, Clique Aqui para baixar o passo a passo GRÁTIS e faça muito dinheiro.

Envie seu comentário